User blog: Prof. Juliano Ramos

Anyone in the world

Linux em crescimento

O uso do linux em ambiente desktop voltou a crescer em maio de 2020, de acordo com estatísticas compartilhadas pela empresa de análise da Web NetMarketShare.


A participação do Linux em todos os sistemas operacionais de desktop cresceu de uma alta de 2,87% em abril de 2020 para uma alta ainda maior de 3,7% em maio de 2020.


Agora, isso é relativamente incomum. A participação no mercado de Linux - com base em tendências passadas - normalmente fica abaixo da marca de 2% e não varia muito ( exceto erros ). O fato de atacar e ultrapassar os 3% pode não parecer grande coisa, mas é quase sem precedentes.


E o Ubuntu é a distro que se beneficia do aumento. O Ubuntu viu sua participação no segmento Linux crescer de 1,89% em abril para 2,11% em maio - sem dúvida, alimentada pelo lançamento do Ubuntu 20.04 LTS.


O macOS da Apple continua a ser o principal rival do Microsoft Windows, com sua participação subindo 10%. Todas as versões combinadas do Windows obtêm 86% de participação.


O NetMarkerShare é notável pelo fato de não distribuir o market share do Chrome OS para a figura do Linux (o Chrome OS é um sistema operacional baseado no Linux). Em vez disso, é relatado separadamente.


* Gostou deste artigo? Seja avisado por e-mail dos próximos. Entre em nosso grupo no Google:

https://groups.google.com/forum/#!forum/certificacoesnetbr




Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos


[ Modified: Tuesday, 2 June 2020, 6:52 PM ]
 
Anyone in the world

Sumário

Sempre procuro ser mais produtivo. Como preciso acessar diversos servidores e depois acessar um caminho específico da aplicação que faço manutenção, já acesso o caminho durante a conexão SSH, na verdade tenho um script que só me pede o IP e faz a conexão de forma automática. 


Pré-requisito

Conhecimento básico de servidores linux.


Realizando

Eu tenho um host de IP: 192.168.1.7 o qual quero acessar via SSH direto no diretório: /home/juliano/financeiro/adm2/santander/app 


Neste caso o comando que executo é:

ssh -t juliano@192.168.1.7 'cd /home/juliano/financeiro/adm2/santander/app ; bash'


Conectando ssh em diretório específico


Criando um script

Com seu editor favorito é possível criar um script simples em shell, veja o código abaixo:


#!/bin/bash

echo "Digite um usuario:"
read usuario

echo "Digite um IP"
read ip

ssh -t $usuario@$ip 'cd /home/juliano/financeiro/adm2/santander/app ; bash'


Salve com o nome que desejar, dê permissão de execução com: chmod +x script.sh  , altere o diretório padrão e seja feliz.


Executando script para conexão ssh


* Gostou deste artigo? Seja avisado por e-mail dos próximos. Entre em nosso grupo no Google:

https://groups.google.com/forum/#!forum/certificacoesnetbr




Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos


[ Modified: Tuesday, 26 May 2020, 8:21 PM ]
 
Picture of Prof. Juliano Ramos
by Prof. Juliano Ramos - Monday, 25 May 2020, 7:58 PM
Anyone in the world

Mensagem de erro:

"The name org.freedesktop.secrets was not provided by any .service files"




Quando ocorre:

Se você está tentando se conectar a algum serviço no KDE Plasma, como por exemplo: Visual Studio Code e Github ou a aplicação de cliente de e-mail Mailspring. 


Como resolver:

Até o momento não consigo resolver usando a aplicação de carteira do próprio KDE. Como uma medida paleativa, instale o gnome-keyring :


# sudo apt-get install gnome-keyring

Reinicie suas aplicações. 



Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos

[ Modified: Monday, 25 May 2020, 7:59 PM ]
 
Anyone in the world



O peek permite que você faça capturas do seu ambiente de trabalho e salve como GIF. Também é possível salvar como APNG, WebM ou MP4. O software é bem simples de se utilizar, basta abrir pelo menu iniciar, redimensionar a janela de captura e clicar em Gravar como Gif. O arquivo fica disponível no seu diretório de usuário.




A imagem desta publicação foi realizada com ele.


Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos

[ Modified: Monday, 25 May 2020, 1:05 PM ]
 
Anyone in the world


Pré-requisito:

Um computador com Ubuntu 20.04 ou suas variantes (xfce,kubuntu,ubuntu dde).


Sumário:

O azure, sistema operacional da microsoft com foco na internet das coisas, já é uma realidade. Para um diferencial em seu currículo e enriquecer seu conhecimento é interessante, conhecer pelo menos o básico da linha de comando do powershell.



Instalação:

O powershell está disponível na loja de aplicativos do Ubuntu 20.04. 


Comandos básicos:


get-date  (Exibe a data)


get-uptime (Exibe o tempo de uso do host)  


get-location (Exibe seu diretório atual)


new-item arquivo.txt (Cria um arquivo vazio, semelhante ao comando touch)


set-content arquivo.txt -value "Texto para o arquivo" (Adiciona texto a um arquivo. Semelhante ao redirecionador do linux)


get-content (Visualiza o conteúdo)


remove-item texto.txt (Remove o arquivo texto.txt)


mkdir diretorio (Cria um diretório)


dir (Semelhante ao ls)


get-process (Gestor de processos, semelhante ao top)


get-process apache2 (olha o processo atual do serviço apache2)


get-command (Mostra uma lista de diferentes tipos de comandos)


get-help Describe (Semelhante ao comando man do linux)


get-alias (Lista os apelidos de comandos)


history (Semelhante ao history do linux)


Referência:

https://github.com/PowerShell/PowerShell


Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos



[ Modified: Monday, 25 May 2020, 12:34 PM ]
 
Anyone in the world
O game Alien Rampage disponível na loja do Ubuntu 20.04 roda sobre o emulador DOSbox. Ele é um shareware, ou seja, ele é gratuito mas não é opensource. O Jogo diverte e tem aquela dificuldade de games plataformas que só quem tem 30 anos ou mais vai se lembrar. 

Vale a pena instalar,  só 3MB de download. É do tipo, simples e divertido.








Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos



 
Anyone in the world

Ubuntu Mate 20.04

Sumário:

O Ubuntu MATE 20.04 tem uma aparência moderna e um bom desempenho. Sem dúvida é uma grande opção para quem pretende migrar do Windows 7 ou 10 e ter um sistema estável por pelo menos cinco anos. 


Facilidade de uso:

Iniciante - O Ubuntu Mate tem um grande foco no usuário que está dando seus primeiros passos no mundo linux. 


Suporte para novos navegadores WEB:

Na tela de boas-vinda do Ubuntu Mate, você pode acessar a opção de escolha de navegador e instalar com um clique seu browser preferido.


Instalando browser no mate


Clique em install e todos os pacotes necessários para o funcionamento do navegador serão instalados.


Layout tradicional

O layout do MATE continua padrão. Um painel na parte superior e outro na parte inferior com ícones da área de trabalho. 


desktop mate 20.04


Ainda na tela de boas-vindas é possível selecionar uma variante de cor para seu tema MATE.




Você também poderá usar esta combinação de temas com outras variantes de controle GTK. 


tema gtk ubuntu mate


E por fim, você poderá escolher outro layout para seu sistema:


layout mate desktop


Gerenciamento de softwares

O Ubuntu Mate Boutique, que é a loja de aplicativos do Ubuntu Mate está espetacular. Com um bom conjunto de aplicativos para você escolher.




Conclusão

O Ubuntu Mate 20.04 pode se tornar uma das distribuições mais interessantes de se utilizar no ambiente desktop. O sistema não é dos mais leves, consumindo uma média de 600MB RAM pós-boot.  Porém, é sem dúvida muito fácil e simples de se utilizar, principalmente para quem está migrando do Windows 7.



Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos


 
Anyone in the world

Pré-requisito

Computador com Deepin ou Ubuntu DDE


Nível de conhecimento:

Iniciante - Alguns comandos de terminal


Objetivo:

Melhorar a aparência do ambiente de trabalho do Deepin ou Ubuntu DDE. Resultado final, algo como:




Instalação:

Abra seu terminal de comandos e instale:


# sudo apt install conky

Agora faça download do (conky-manager) com o wget : 


# wget --no-check-certificate https://github.com/teejee2008/conky-manager/releases/download/v2.4/conky-manager-v2.4-amd64.run


Coloque permissão de execução para o instalador:


# chmod + x conky-manager-v2.4-amd64.run

Faça sua instalação:


# sudo ./conky-manager-v2.4-amd64.run

Após a instalação, abra seu menu iniciar e procure por conky-manager. No exemplo da primeira imagem, uso o tema Gotham. Veja como adicionei o mesmo e coloquei o fundo transparente:




O resultado final:




Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos


 
Picture of Prof. Juliano Ramos
by Prof. Juliano Ramos - Monday, 25 May 2020, 10:35 AM
Anyone in the world

Pré-requisito:

Computador com Deepin ou Ubuntu DDE.


Nível de conhecimento:

Iniciante


Objetivo:

Personalizar o sistema com um tema, estilo Galaxy S8 y S9. Resultado final:




Como instalar:

O modo mais fácil é através do utilitário synaptic. Ele já vem disponível no seu Ubuntu DDE. No caso do Deepin, basta instalar pela loja de aplicativo.

Abra o synaptic , procure e instale os aplicativos:  conky  e  conky-std. 




Agora acesse o tema aqui pelo dropbox:

https://www.dropbox.com/sh/j0ppwnjisfqevjz/AABK7k38SJkUU-9rIlu6eiSGa?dl=0


Faça download das fontes (diretório Font) e instale com dois cliques do mouse. 




Faça download do arquivo conky.rc  e copie o mesmo para seu diretório pessoal (renomeando para .conkyrc). 




Pela sua loja de aplicativos, instale a aplicação menulibre. Abra um terminal de comandos e rode :


# menulibre

Com o utilitário aberto, crie uma entrada para o conky, clicando em (+) - Adicionar lançador, veja na imagem:




Abra o menu iniciar, procure por conky. Clique com o botão direito e escolha "Adicionar para a inicialização". Saia e entre novamente na sessão.


Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos

 
Anyone in the world

Pré-requisito:

Computador com Deepin ou Ubuntu ou derivados (xubuntu,kubuntu,ubuntu DDE) instalado. 


Nível de conhecimento:

Básico, poucos comandos de terminal. 


Definição:

Usar Webapps pode facilitar seu dia-a-dia, evitando que você se perca em um mundo de abas no navegador. Além disto, você pode abrir diretamente sua aplicação web, sem precisar abrir o navegador. Em testes que realizei o desempenho da web aplicação ficou melhor, consumindo menos memória RAM, do que utilizando as aplicações pelo browser, ou usando softwares nativos.


Exemplo de uma web aplicação:


Microsoft Office online no linux

Neste exemplo, estou usando o Microsoft Office online e o Feedly, leitor de RSS online.


Como criar seu webapp:

Usaremos uma aplicação chamada nativefier disponível para Windows, Linux e Mac Os e com código aberto e disponível no Github. O processo de instalação da aplicação é simples e consiste em instalarmos o npm (node packager manager) e depois a aplicação. 


Abra seu terminal de comandos e execute:


# sudo apt install npm
# sudo npm install nativefier -g

Agora que o software foi instalado. Você apenas precisa digitar a url, seguindo o exemplo abaixo:


# nativefier "https://www.certificacoes.net.br"

Exemplo:

Instalando nativefier


No caso do Deepin/ubuntu abra o diretório onde o pacote com as informações do site foi baixado (onde você executou o comando), provavelmente: /home/seu-usuario/Nome-do-site-baixado clique duas vezes na aplicação e escolha iniciar. Como na imagem abaixo:





Pronto! Você já vai ter seu Web App funcionando. Em uma postagem futura vou falar um pouquinho em como podemos editar os ícones e o menu do Deepin/ubuntu para lançar estas aplicações.


Desempenho:




Abrir o nosso site em um Webapp ocupou 114MB de RAM. Este mesmo site no chrome ocupou 400MB (por que tive que abrir o navegador). Em muitos casos você abrirá somente a aplicação e não precisará do browser.


Referência:

https://github.com/jiahaog/nativefier



Prof. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores linux.

E-mail: profjulianoramos@gmail.com



[ Modified: Monday, 25 May 2020, 1:43 AM ]