User blog: Prof. Juliano Ramos

Anyone in the world

Pré-requisito:

Ubuntu 20.04 instalado. Ou qualquer derivado: Ubuntu DDE, Xubuntu, Kubuntu entre outros.


Definição:

Manter a última versão estável do kernel em funcionamento no seu computador, irá garantir, correções de segurança e as últimas versões dos drivers de dispositivos. Um kernel mais recente, pode trazer mais desempenho ao seu sistema.


Como realizar a ação:

O primeiro passo é fazer download do kernel já testado e otimizado para o Ubuntu (desenvolvido pelos engenheiros da canonical). Após o download, vamos instalar os pacotes (são .deb) com o comando dpkg. 


Fazendo o download:

Abra o seu terminal de comandos. Crie um diretório para armazenar os downloads e baixe-os com o comando wget. Siga nosso passo a passo:


# mkdir kernel
# cd kernel
# wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.6.14/linux-headers-5.6.14-050614_5.6.14-050614.202005200733_all.deb
# wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.6.14/linux-headers-5.6.14-050614-generic_5.6.14-050614.202005200733_amd64.deb
# wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.6.14/linux-image-unsigned-5.6.14-050614-generic_5.6.14-050614.202005200733_amd64.deb
# wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.6.14/linux-modules-5.6.14-050614-generic_5.6.14-050614.202005200733_amd64.deb


Após o download, instale todo os pacotes com o comando:

# sudo dpkg -i *.deb

Após a etapa concluir. Reinicie o seu computador e desfrute o novo kernel. Você pode verificar com o comando:
# uname -r

Conclusão:

Manter uma versão do Kernel recente é garantir um sistema mais seguro e com módulos mais recentes e atualizados. 


Prof. Juliano RamosProf. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.

E-mail: profjulianoramos@gmail.com


[ Modified: Monday, 25 May 2020, 1:05 AM ]
 
Anyone in the world

Pré-requisito
  • Um servidor executando o linux
  • Acesso ao root no servidor

Encontre a conexão SSH ativa

Abra seu terminal e execute o comando who para encontrar as conexões ativas em seu servidor:

# who
root        pts/0         2020-05-01 02:50 (27.61.161.61)

Conexão SSH ativa com o comando w

w é outro comando que exibe as informações sobre o usuário atualmente conectado ao servidor. Exemplo:

# w
 02:40:07 up 1 day, 18:35,  2 users,  load average: 0.02, 0.02, 0.00
USER TTY FROM LOGIN@ IDLE JCPU PCPU WHAT
root pts/0 27.61.161.61 02:37 1.00s 0.04s 0.01s ssh root@45.58.38.21
root pts/1 45.58.38.21 02:39 1.00s 0.02s 0.00s w

Conexão SSH ativa com ps

Outra opção é usar o comando ps para buscar as conexões ativas. Exemplo:

# ps auxwww | grep sshd: | grep -v grep


Conexão SSH ativa com o netstat

netstat é uma ferramenta de linha de comando que pode ser usada para mostrar conexões SSH ativas ou estabelecidas dos hosts remotos ao servidor. Exemplo:

# netstat -tnpa | grep P "ESTABLISHED.*sshd"


Conclusão

Neste guia, você aprendeu a pesquisar pelas conexões ativas, com diversos metódos diferentes. Agora poderá saber quem está conectado ao seu servidor, provendo assim mais segurança ao mesmo.


Prof. Juliano RamosProf. Juliano Ramos é consultor e especialista em servidores Linux.
E-mail: profjulianoramos@gmail.com

[ Modified: Sunday, 24 May 2020, 9:26 PM ]